A alimentação aliada ao bem estar: como evitar cansaço e depressão

A alimentação aliada ao bem estar: como evitar cansaço e depressão

Que tal uma dieta que inclua uma dose de relaxamento e pitadas de bem estar? Num mundo em que todos andam cada vez mais estressados, a alimentação pode ajudar, e muito.

A alface, por exemplo, tem efeito calmante. A camomila é boa para a turma dos ansiosos. Mas não se trata de mágica. “Nenhum destes alimentos funciona isoladamente, é preciso estar inserido em um contexto de estilo de vida”, diz a nutricionista Carol Morais. Para o cansaço, a receita é uma só: descansar!

 

1) Arroz com feijão é mais saudável que os alimentos prontos


“Uma alimentação rica em alimentos de verdade - vegetais, frutas, grãos - e com o mínimo de produtos alimentícios, pobre em ‘toxinas alimentares’, vai contribuir para uma sensação de bem estar”, diz Carol. “O bom e velho arroz e feijão, carnes e saladas são mais saudáveis do que pizzas, sanduíches e barras de cereais, especialmente os prontos.”

 

2) Mudando seu estilo de alimentação

Uma mudança de hábitos deve começar devagar. “Para quem está totalmente imerso em uma alimentação errada do ponto de vista qualitativo, o ideal é ir inserindo aos poucos um suco verde no café da manhã, com frutas, vegetais e sementes”, explica a nutricionista.

“Faça lanches à base de frutas, castanhas, chás e refeições de verdade - com arroz, feijão e muitos vegetais”, ensina. Aos poucos será percebido aumento da energia e produtividade. “Ao sentir os benefícios, a pessoa vai naturalmente abrindo mão dos produtos prontos alimentícios”, defende Carol.

 

3) Para relaxar


Alguns alimentos têm propriedades relaxantes, que tal inclui-los na dieta? “A camomila, em forma de infusão, a alface, e o cheiro da lavanda estimulam um sono de melhor qualidade”, explica a nutricionista Carol Morais. Abacate, castanhas e cacau também ajudam a controlar a ansiedade.

 

4) Chocolate dá felicidade?

A nutricionista explica que ele tem o triptofano, que é o precursor da serotonina, substância produzida pelo próprio organismo que dá sensação de prazer. O triptofano também pode ser encontrado na banana, no grão-de- bico e nas nozes.

 

5) Açúcar refinado, só moderadamente

“Ele altera a nossa regulação hormonal e a dos neurotransmissores, favorecendo o cansaço”, alerta Carol. E aí começa a reação em cadeia: “Você precisa cada vez mais dele e se sente cada vez mais cansado.”

 

6) O ritual da alimentação


Um simples ritual faz toda a diferença. “Uma respiração profunda antes de começar a comer oxigena as células e transporta você para o momento presente”, diz Carol. E na hora da refeição, pense na refeição. “É hora de dar um tempo aos problemas que chicoteiam nossa mente.”

 

7) Evitando a depressão


“A depressão, do ponto de vista nutricional, pode ser facilitada pela ausência de nutrientes e até pelo excesso de toxinas. Nesse sentido, mais uma vez, além do acompanhamento terapêutico e médico, é fundamental a mudança no estilo de vida, com inserção de atividade física e alimentos de verdade, de preferência orgânicos, vegetais, frutas, castanhas.”

 

 

Fonte: http://gnt.globo.com/bem-estar/  

palco

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/saldaterra/studiopilates/View/_layout.php:17) in /home/saldaterra/system/Zuni/Uri.php on line 240